Pular para o conteúdo principal

Porque seu cabelo não cresce?

Descubra as causas que impedem o crescimento dos cabelos

Levantamos as atitudes mais comuns que as mulheres seguem para acelerar o crescimento dos fios e levamos aos especialistas para descobrir o que funciona. Veja a seguir as causas que podem atrapalhar o crescimento do cabelo.

Imagem ilustrativa
Só lavo o meu cabelo com água fria para que ele cresça mais. Mas parece que não está adiantando...
"Isso porque o fio não sofre influência da temperatura da água no seu crescimento", afirma Ademir Jr., médico dermatologista e especialista em tricologia pela Internacional Association of Trichologists (SP). "Mas é importante manter esse hábito, pois a água quente favorece a quebra do cabelo e o aparecimento da caspa", ressalta Adriano Almeida, dermatologista e diretor da Sociedade Brasileira do Cabelo (SP).

Meus fios são oleosos, acho que é por isso que eles estão sempre do mesmo tamanho"Manter a saúde do couro cabeludo é essencial para a sua beleza e crescimento. Dermatites seborreicas ocasionadas por excesso de oleosidade, por exemplo, são prejudiciais", avisa Ademir Jr.

Vivo comendo fast food. Acho que é por isso que meu cabelo fica tão fracoQualquer tipo de alimentação inadequada é prejudicial ao corpo. Com o cabelo não é diferente, uma vez que ele depende do bom funcionamento do organismo para se manter saudável. O médico Adriano Almeida lembra que nutrientes como o cobre e o zinco são fundamentais para o crescimento dos fios. Procure consumir carnes vermelhas, mariscos, cogumelos, verduras escuras e frutas, como banana, coco, pêssego, papaia e maçã, que são ricos nos nutrientes.

Corto com frequência, pois acho que isso acelera o crescimento. É verdade?Segundo o médico Ademir Jr., o que se faz no comprimento do fio não interfere na raiz. Adriano Almeida concorda, e brinca: "Diferentemente das plantas, o cabelo não necessita de poda para ser estimulado".

Anemia e deficiência de vitaminas interferem na saúde e no crescimento?Sim. Se a saúde do sangue é relacionada ao bom funcionamento dos tecidos, consequentemente, o bom funcionamento dos tecidos está relacionado às vitaminas e nutrientes que esse sangue traz. Se há falta dessas substâncias, as raízes capilares sofrerão e, assim, o fio como um todo. Essas carências têm papel importantíssimo no déficit de crescimento. Portanto, é importante incluir na dieta alimentos ricos em ferro (carnes, gema de ovo, legumes, grãos integrais e vegetais verde-escuros), zinco (leite, moluscos e farelo de trigo), cobre (cerejas, ostras, castanhas, frutas secas e mariscos) e vitamina B6 (levedo, germe de trigo e aveia).

Ouvi dizer que tratamento químico prejudica o desenvolvimento. Não sei como proceder, pois faço coloração frequentementeDesde que não cause nenhum dano ao couro cabeludo, não há por que esse processo interferir no crescimento. Por outro lado, se a técnica provocar qualquer tipo de irritação no couro, isso poderá interferir no crescimento, sim. "O que ocorre é que alguns procedimentos promovem quebra dos fios, deixando-os mais curtos", adverte Adriano Almeida.

Dizem que a genética influi. Então, não posso fazer nada para recuperar meu look Rapunzel rapidamente?"Ela interfere tanto no crescimento quanto na queda capilar. Porém, o que fazemos com o nosso corpo e as ações do meio ambiente sobre ele podem afetar também, mudando parcialmente o que é geneticamente determinado. Por exemplo: manter uma boa alimentação diminui a queda capilar e favorece o crescimento, que é em média de 1 centímetro ao mês", conta Ademir Jr.

Ando muito estressada e tenho notado que os meus fios estão cada vez mais ralosComo vivemos em estado permanente de tensão, é natural que o estresse seja um dos grandes vilões de nossos problemas de saúde. Assim, o ideal é tentar lidar com os problemas e a rotina corrida de forma equilibrada. O estresse pode desencadear doenças como a alopecia areata e o eflúvio telógeno, que ocasiona a perda de cabelo em regiões pontuais da cabeça ou em abundância.

Existe algum produto que acelere o crescimento?Valcinir Bedin e Ademir Jr. são enfáticos: a resposta é não. O que existe são medicamentos orais que estimulam o aumento dos fios, sempre prescritos por um médico. Em geral, eles contêm aminoácidos e alguns antioxidantes, como lisina, cisteína, cistina, metionina, biotina, zinco e ferro.

Sou fumante e me disseram que esse vício também é prejudicialIsso é verdade. A nicotina afeta a vascularização, fazendo que vá menos sangue para os fios. A nicotina reduz o espaço interno das veias, dificultando a passagem do sangue - e de todos os nutrientes, deixando o cabelo pesado e sem brilho.

Minha prima me ensinou a colocar vitamina A no xampu para estimular o aumento capilar. Acho que está dando certo! "Infelizmente, isso deve ser impressão, pois nada que se adicione ao xampu pode acelerar o crescimento do cabelo", conta Valcinir Bedin, dermatologista, tricologista, nutrólogo e diretor do Centro Integrado de Prevenção do Envelhecimento e presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo (SP).

Poluição e sujeira entopem o folículo e fazem os ios crescerem menos?"A poluição não só causa obstrução, mas também afeta o bom funcionamento metabólico das fibras. Portanto, pode piorar a queda e fazer que o fio cresça menos, sim", revela Valcinir Bedin.

Se praticar atividade física faz bem para tantas coisas, acho que pode me ajudar a ter um cabelo mais bonito e compridoInfelizmente, não. Os exercícios físicos não interferem nos fios. Por outro lado, a malhação faz o coração bombear sangue mais rápido. Resultado: os aminoácidos, as vitaminas e os nutrientes chegam com mais facilidade ao cabelo. "Lembre-se que para a prática dos exercícios em áreas externas, ao ar livre, é preciso usar protetores solares próprios e bonés, que irão proteger a perda do triptofano, um aminoácido essencial, gerada pela exposição aos raios UVA e UVB, evitando rupturas, quedas e enfraquecimento", avisa Paula Bellotti, terapeuta capilar e tricologista (RJ).

Sempre corto na Lua crescente para acelerar o seu desenvolvimento"Infelizmente, as fases da Lua não interferem neste processo", afirma Valcinir Bedin. "Eu desconheço qualquer referência acadêmica sobre o assunto. Mas costumo dizer que quem acredita nisso, não sofrerá nenhum mal por cortar o cabelo na fase da Lua que preferir. E não podemos negar que a Lua interfere até nas marés", pondera Paula Bellotti.

Quando o meu cabelo fica fragilizado, parece que ele não cresceO fio pode ficar frágil por razões endógenas (internas) ou exógenas (externas). As consequências de ambas são adversas, como quebra, ruptura, aparecimento de pontas duplas e de nós na fibra capilar, que podem, sim, alterar o crescimento do cabelo.

Escovo os fios cem vezes antes de dormir para estimular o seu crescimento
Pode abandonar o hábito. De acordo com Valcinir Bedin, esse tipo de estímulo não funciona. Escovar o cabelo ajuda a distribuir a oleosidade natural, deixando-o mais soltinho e brilhante, mas não interfere no tempo que os fios demoram a crescer.

Sempre uso rabo de cavalo para "puxar" os fios e, consequentemente, esticá-losEsse é um erro grave, pois o feitiço pode se virar contra a feiticeira. Prender o cabelo, em vez de ajudar, desacelera o crescimento e pode até provocar queda (alopecia de tração), caso utilize elásticos muito apertados. Cuidado!

Não vivo sem finalizadores, mas fico em dúvida se isso pode alterar o crescimentoHoje, sabe-se que o build-up provocado pela sobreposição de produtos no cabelo prejudica a sua saúde. Consulte um especialista que poderá analisar o seu couro cabeludo, a qualidade do fio e sugerir o melhor produto para o momento.

Fonte:corpoacorpo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: A moda pede coletes, saiba como usar o seu! ::

Olá meninas, uma das tendências deste inverno, são os coletes, pode-se dizer que seja um acessório, que vai dar aquele "tchan" na sua roupa, mas é claro, precisamos saber como combiná-los com certas roupas e principalmente com o nosso tipo físico, vamos lá?!

Não importa a época que se encontra, os coletes sempre vão bem ao look feminino, para dar uma realçada no visual e deixar personalizado. Mas cuidado na hora de escolher a cor e corte, por isso hoje daremos algumas dicas de como usar coletes.

 Há coletes para todos os gostos e estilos, podem ser usados com peças básicas como regatas e cores neutras, camisas e vestidos, porém o look colete e camisa são considerados por alguns estilistas como ultrapassado e antigo por seu caráter formal, a dica, portanto é combiná-los a blusas curtas e mais modernas.
Coletes jeans também estão em alta, invista em lavagens claras e soltas. Para as mais modernas que não tem medo de ousar invistam em coletes com tachinhas, ombros marcado…

: SENSACIONAL - DIETA DA BANANA! :

Gente, tá uma loucura o assunto da nova dieta da banana, várias pessoas confirmaram a perda de peso.

Receita que vem do Japão mata rapidamente a fome e regula o impulso de comer doces; confira as regras desta receita.
Talvez você já tenha ouvido falar que os japoneses desenvolveram uma dieta sem restrições alimentares que ajuda a emagrecer super rápido. É a dieta da banana matinal, que exige apenas que você coma a fruta, de preferência quatro delas, no café da manha, sempre acompanhada de dois copos de água morna ou chá.

Consumir a iguaria desta forma barra o impulso de comer ao longo do dia, afirma a VIVA MAIS!. O médico japonês Hitoshi Watanabe, especialista em medicina preventiva e idealizador da nova dieta, diz que além de matar rapidamente a fome, a banana carrega enzimas capazes de acelerar a digestão.

“Vale lembrar que ela também é rica em fibras que se ligam a moléculas de água e formam um tipo de gel que cria grande sensação de saciedade”, complementa a nutricionista e fitoterape…

Uxi Amarelo - redução de gorduras.

Pesquisa  avalia eficácia de  planta na redução de  gordura  no  fígado, no  AM. Uxi Amarelo se mostra eficaz na redução e até cura de doenças do fígado.
Estudo foi realizado em ratos obesos submetidos à ração experimental.
O Uxi Amarelo (Endopleura Uchi), planta da região amazônica, pode ser utilizada no tratamento da esteatose hepática, doença popularmente conhecida como gordura no fígado. A constatação foi apontada no estudo intitulado 'Indução da esteatose hepática com ração experimental e tratamento com Endopleura Uchi', realizado pela estudante do 8º período do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e bolsista do Programa de Apoio à Iniciação Científica da Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Natasha Valois Castelo.
Segundo ela, o estudo científico é pioneiro na área, porque visa melhorar um quadro onde não há tratamento medicamentoso eficiente, e enfatiza a importância da flora amazônica, por se tratar de uma pesquisa que usa uma planta da região qu…