terça-feira, 17 de setembro de 2013

Americana fatura fazendo massagem com os seios.


Kristy Love
A americana Kristy Love, moradora de Atlanta, no estado da Geórgia, se tornou famosa ao oferecer um serviço de massagem curioso, no qual utiliza seus seios enormes para realizar os procedimentos.

Kristy, que possui um site próprio no qual anuncia sua categoria de massagem, afirma que cobra até US$ 200 (R$ 460) por uma hora completa de massagem sensual, mas que também oferece uma modalidade “não sensual”, e cobra US$ 150 (R$ 345) pela hora.

Para ficar só abraçadinha, ela cobra US$ 80 (R$ 184).

Em entrevista ao site “The Frisky”, Kristy Love afirmou que tinha dificuldades em encontrar trabalho, então começou a oferecer as massagens em sua própria casa.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, de acordo com o Kristy, o tamanho de seus seios, considerado desvantagem, se tornou o destaque de seu serviço.

A americana afirma que consegue faturar até US$ 1 mil por dia, e faz a massagem com os seios, além de utilizar um óleo especial para deslizar sobre o corpo do cliente.

Kristy também possui um canal no YouTube, no qual grava vídeos curtos contando suas experiências. O endereço "BBWKristy Love" possui mais de 5.600 inscritos e 160 vídeos, alcançando mais de 2 milhões de visualizações.

Kristy Love, respondeu recentemente a críticas feitas por outra profissional que, em entrevista um jornal, definiu o serviço oferecido por Kristy como “antiético”.

Michelle Rozzen, massagista licenciada em Los Angeles, na Califórnia (EUA), afirmou ao jornal “Huffington Post” que utilizar os seios durante o procedimento não seria profissional, e estaria mais ligado ao sexo do que o trabalho de uma terapeuta.

“Kristy fornece mais um favor sexual do que uma massagem, e isso é considerado inapropriado e uma atividade ilegal”, disse Rozzen ao jornal, sublinhando que, na escola de massagem, esse método não é ensinado esse tipo de procedimento. “É mais um ato sexual, e dá aos profissionais, que realmente fazem massagens com as mãos, uma reputação ruim”, atacou Michelle.

Em sua página no Facebook, Kristy postou a reportagem e fez um comentário ácido sobre a terapeuta. “Eu faria massagens para ela”, escreveu a mulher. Na mesma postagem, diversas pessoas defenderam a massagista polêmica, para que ela se importe para as críticas. “Não deixe que ninguém te critique sobre como ganha seu dinheiro”, escreveu o fotógrafo James Phelps.

“Ela está te criticando porque não é um pacote completo como você”, defendeu Walter Skyes na página de Kristy Love.

US$ 200 por hora
Kristy, moradora de Atlanta, no estado da Geórgia, se tornou famosa ao oferecer um serviço de massagem curioso, no qual utiliza seus seios enormes para realizar os procedimentos.

Em seu site, a mulher afirma que cobra até US$ 200 (R$ 460) por uma hora completa de massagem sensual, mas que também oferece uma modalidade “não sensual”, e cobra US$ 150 (R$ 345) pela hora. Para ficar só abraçadinha, ela cobra US$ 80 (R$ 184).

Em entrevista ao site “The Frisky”, Kristy Love afirmou que tinha dificuldades em encontrar trabalho, então começou a oferecer as massagens em sua própria casa.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, de acordo com o Kristy, o tamanho de seus seios, considerado desvantagem, se tornou o destaque de seu serviço.

A americana afirma que consegue faturar até US$ 1 mil por dia, e faz a massagem com os seios, além de utilizar um óleo especial para deslizar sobre o corpo do cliente.


?? Alguém sabe explicar, porque as mulheres americanas tem seios gigantescos?


Encomenda caricaturas para casamentos, eventos, formaturas etc.
P@pel Digit@l

Fonte: g1.globo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário