quarta-feira, 24 de julho de 2013

Impressoras 3D podem fazer mal á saúde!

Aparelhos liberam partículas que, se inaladas, podem causam danos à saúde, o que as torna um risco em lugares fechados.

cubify-cube-3d-printer
Imagem ilustrativa 

Com as impressoras 3D se tornando cada vez mais baratas, comprar um desses aparelhos para ter em casa vem se mostrando algo bastante atrativo. No entanto, um estudo feito pelo Instituto de Tecnologia de Illinois indica que isso pode ser perigoso para sua saúde.

Segundo o Science Direct, que publicou os resultados da pesquisa, os riscos trazidos pela impressora se devem ao material que elas liberal ao derreter polímeros plásticos do tipo ABS e PLA. Com o calor, essas impressoras se tornam altos emissores do que eles chamam de “UFP”, ou “Partículas Ultra Finas”, o que não seria nenhum problema em um lugar bem ventilado.

O perigo das UFP
Em um lugar sem a ventilação ideal (como dentro de uma casa) ou sem um sistema de filtragem adequado, no entanto, as UFP podem se tornar bastante perigosas. Isso porque, por serem extremamente pequenas, elas entram em seu corpo facilmente pela respiração, criando depósitos nos pulmões ou mesmo indo parar em sua corrente sanguínea. E altas concentrações dessas partículas já foram associadas ao câncer, derrames e até asma.

Com os resultados, os pesquisadores agora querem continuar com a pesquisa, realizando experimentos em outros modelos além dos cinco já testados por eles. Assim, eles pretendem entender melhor os riscos das partículas emitidas pelos aparelhos; mesmo assim, a mensagem deles é clara: não use sua impressora 3D em lugares fechados.

Fonte:
Science Direct

Nenhum comentário:

Postar um comentário