Pular para o conteúdo principal

1° Concurso Miss Drag Queens Plus Size!

Foto divulgação

Noventa centímetros de busto, 60 de cintura e 90 de quadril? A equação eternizada para misses não funcionará no dia 28 de janeiro de 2014.

É nesse dia que acontece pela primeira vez no Brasil o concurso Miss Gay Plus Size, em que 27 "drag queens" gordinhas competirão na passarela para descobrir quem é a mais elegante do país.

"Vou organizar o concurso porque as mais cheinhas não tinham espaço nos outros", diz Luiz Carlos Santos, 47, cabelereiro e maquiador. Com conhecimento de causa, já que também encabeça o Miss Gay SP há cinco anos. A nova competição deve acontecer no clube Piratininga, em Santa Cecília.

Luanny di Phiafy, 21, concorda em número, grau e, especialmente, gênero. "Não tinha oportunidade para a gente que não se enquadra no tipo de beleza", diz ela, que se vale do tipo físico para dublar cantoras como Adele, Fafá de Belém e Alcione.

Luanny di Phiafy


Phiafy será a representante de SP na peleja, que seguirá a mesma lógica do concurso de misses esguias: um desfile com vestido simples seguido de um com traje de gala.

Só uma coisa será diferente: em vez de perguntas como "O que você mudaria no mundo?", a competição deve ter uma chamada oral sobre a situação da comunidade LGBTT no país. "Feliciano, casamento gay, essas coisas", diz Luiz. "Precisamos saber o que está acontecendo ao redor, até porque a gente sofre."

E como sofre. "Já fui discriminada por gays por estar acima do peso. Já me disseram: 'Ai, veado, você é gordo, para de se montar [vestir-se de mulher]!'", diz Luanny. Mas ela não parou e tampouco faz planos de largar a peruca.

Ainda que ela admita alguma dificuldade para encontrar roupas, mas nada que retocar vestidos que compra com paetês e detalhes bordados não resolva.

Já Pérola Sancchys, 25, Miss Plus Size Rio Grande do Sul, está aliviada por outro motivo. Ela sonha em carregar a coroa nacional e já participara de outros concursos, para os quais fazia regime bravo. Para competir no Miss Ponta Grossa (RS), perdeu 15 kg em menos de um mês.
PÉROLA SANCCHYS
Pérola Sancchys

"É um sonho antigo que eu tenho, ser miss. Mas o pessoal me julga muito por ser grande", conta ela, que tem 1,78 metro. "Agora tem uma competição que aceita todas as belezas", diz a estudante de enfermagem, que dubla artistas brasileiros como Clara Nunes.


MADRINHAS, ALGUÉM?

A organização ainda busca representantes para Sergipe, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia, bem como uma madrinha para o evento.

As atrizes cheias de corpo Cacau Protásio (a Zezé, de "Avenida Brasil") e Fabiana Karla (a enfermeira Perséfone de "Amor à Vida") foram convidadas para amadrinhar a iniciativa, mas ainda não responderam.

Luiz, o organizador, diz não saber se conseguirá patrocínio para a empreitada. "Mas não importa! Tendo o clube, e o que comer no dia, o Miss Plus Size vai acontecer."

Obs: organizador divulgou mas sem deixar contato.

Fonte: folha

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: A moda pede coletes, saiba como usar o seu! ::

Olá meninas, uma das tendências deste inverno, são os coletes, pode-se dizer que seja um acessório, que vai dar aquele "tchan" na sua roupa, mas é claro, precisamos saber como combiná-los com certas roupas e principalmente com o nosso tipo físico, vamos lá?!

Não importa a época que se encontra, os coletes sempre vão bem ao look feminino, para dar uma realçada no visual e deixar personalizado. Mas cuidado na hora de escolher a cor e corte, por isso hoje daremos algumas dicas de como usar coletes.

 Há coletes para todos os gostos e estilos, podem ser usados com peças básicas como regatas e cores neutras, camisas e vestidos, porém o look colete e camisa são considerados por alguns estilistas como ultrapassado e antigo por seu caráter formal, a dica, portanto é combiná-los a blusas curtas e mais modernas.
Coletes jeans também estão em alta, invista em lavagens claras e soltas. Para as mais modernas que não tem medo de ousar invistam em coletes com tachinhas, ombros marcado…

Uxi Amarelo - redução de gorduras.

Pesquisa  avalia eficácia de  planta na redução de  gordura  no  fígado, no  AM. Uxi Amarelo se mostra eficaz na redução e até cura de doenças do fígado.
Estudo foi realizado em ratos obesos submetidos à ração experimental.
O Uxi Amarelo (Endopleura Uchi), planta da região amazônica, pode ser utilizada no tratamento da esteatose hepática, doença popularmente conhecida como gordura no fígado. A constatação foi apontada no estudo intitulado 'Indução da esteatose hepática com ração experimental e tratamento com Endopleura Uchi', realizado pela estudante do 8º período do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e bolsista do Programa de Apoio à Iniciação Científica da Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Natasha Valois Castelo.
Segundo ela, o estudo científico é pioneiro na área, porque visa melhorar um quadro onde não há tratamento medicamentoso eficiente, e enfatiza a importância da flora amazônica, por se tratar de uma pesquisa que usa uma planta da região qu…

Esquadrão da Moda Plus Size

Olá!
Acredito que vcs já assistiram o programa Esquadrão da Moda.
Pois é, então selecionei alguns episódios de mulheres plus size precisando de uma ajuda no look.
Hoje vamos conhecer um pouco sobre a Amanda Pina.
Vamos assitir?!




Se quiserem podem deixar suas opiniões.

Para se inscrever no Esquadrão da Moda Clique Aqui.