Pular para o conteúdo principal

Jovem resiste às comidas da mãe e elimina 18 kg!

Nohana, de 22 anos, mora em um sítio em Ubiratã com a família.
Para emagrecer, ela aprendeu a recusar pães e bolos feitos pela mãe
.

Para perder peso, geralmente é necessário abrir mão de vários prazeres da vida e fazer diversos sacrifícios. Para a jovem Nohana Talita Assmann, de 22 anos, a dificuldade foi aprender a dizer ‘não’ para as comidinhas feitas por sua mãe no sítio em que moram em Ubiratã, no interior do Paraná.

“Vivo num ambiente que não ajuda na minha dieta, mas sei me controlar”, avalia. A mãe, que costuma fazer bolos e pães, tem que mandar tudo embora junto com as visitas para não estragar. “Se ficar em casa, estraga mesmo porque eu não como”, diz Nohana determinada. Essa força de vontade foi essencial para ela sair dos 73 kg e atingir os 55 kg, 18 kg a menos.

A paranaense, que nunca teve problemas com o peso, começou a engordar quando saiu da casa dos pais e foi morar na zona urbana da cidade. “Saí de casa para trabalhar. Morei sozinha por 2 anos e sempre optava pelo mais fácil na alimentação”, lembra. Miojo, lanches e refrigerante eram as escolhas mais freqüentes na dieta de Nohana, que também não fazia atividade física.

Para ela, comer bem já não é mais uma obrigação, mas um hábito natural em sua vida (Foto: Arquivo pessoal)
Imagem Ilustrativa


Ao perceber que estava ganhando peso, ela resolveu procurar uma academia. “Já comecei minha mudança na cidade, inclusive na alimentação”, conta. Com 6 kg a menos, ela voltou para o sítio dos pais e foi lá que a perda de peso realmente aconteceu. “Moro em uma área bem rural, então quase não tem produtos industrializados, é tudo natural”, diz.

Para não parar de se exercitar, ela comprou os aparelhos da academia para colocar em casa e montou seu próprio local de treino. “Faço de 2 a 2 horas e meia de exercícios todo dia, de segunda a sexta”, conta. Acostumada com a nova rotina, ela diz que fica estressada nos dias que não consegue fazer atividade física. “Sinto muita falta”, afirma.

Nohana conta que a maior dificuldade foi fechar a boca e controlar a dieta. “Vou muito a almoços, aniversários e restaurantes, e era muito difícil”, lembra. Para se acostumar, ela foi cortando os alimentos aos poucos – primeiro foi o refrigerante, depois as massas. “Se não tivesse feito isso, não agüentaria cortar tudo de uma vez”, avalia. Para ela, hoje a dieta saudável não é mais uma obrigação, mas algo natural. “Estou acostumada”, diz.

Atualmente com 55 kg, ela se diz satisfeita com o resultado e lembra-se de todas as dificuldades pelas quais passou. “Uma cunhada me dizia que eu nunca voltaria ao meu peso, que eu podia dar minhas roupas. Desanimava muito ouvir aquilo, mas eu provei que consegui”, conclui. As calças tamanho 36 foram guardadas e, mais de um ano depois, voltaram a caber em Nohana. “Cheguei a usar 42 e 44 e hoje já voltei a usar tudo que usava antes”, diz.

Para ela, a maior lição foi aprender a se preocupar com a saúde. “Estava com o colesterol e a glicemia elevados quando tinha 73 kg e hoje não tenho mais”, conta. A jovem, que está noiva, pretende casar em maio deste ano e até lá ainda quer perder mais 5 kg. “Ainda quero chegar nos 50 kg. Está mais difícil, mas vou seguir firme e forte até o casamento”, finaliza.

Fonte: g1.globo

Comentários

  1. Nossa que motivação hein,estou aqui tentando perder 13kg e tem hora que é dificil,o pior horario é depois das 21:00hs,fico sozinha até 1:00hs da manhã a saio atacando as comidinhas,mas ja diminui bem a quantidade do ataque rsrs.Estava mesmo pensando em cortar o refrigerante agora decidi.Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: A moda pede coletes, saiba como usar o seu! ::

Olá meninas, uma das tendências deste inverno, são os coletes, pode-se dizer que seja um acessório, que vai dar aquele "tchan" na sua roupa, mas é claro, precisamos saber como combiná-los com certas roupas e principalmente com o nosso tipo físico, vamos lá?!

Não importa a época que se encontra, os coletes sempre vão bem ao look feminino, para dar uma realçada no visual e deixar personalizado. Mas cuidado na hora de escolher a cor e corte, por isso hoje daremos algumas dicas de como usar coletes.

 Há coletes para todos os gostos e estilos, podem ser usados com peças básicas como regatas e cores neutras, camisas e vestidos, porém o look colete e camisa são considerados por alguns estilistas como ultrapassado e antigo por seu caráter formal, a dica, portanto é combiná-los a blusas curtas e mais modernas.
Coletes jeans também estão em alta, invista em lavagens claras e soltas. Para as mais modernas que não tem medo de ousar invistam em coletes com tachinhas, ombros marcado…

Uxi Amarelo - redução de gorduras.

Pesquisa  avalia eficácia de  planta na redução de  gordura  no  fígado, no  AM. Uxi Amarelo se mostra eficaz na redução e até cura de doenças do fígado.
Estudo foi realizado em ratos obesos submetidos à ração experimental.
O Uxi Amarelo (Endopleura Uchi), planta da região amazônica, pode ser utilizada no tratamento da esteatose hepática, doença popularmente conhecida como gordura no fígado. A constatação foi apontada no estudo intitulado 'Indução da esteatose hepática com ração experimental e tratamento com Endopleura Uchi', realizado pela estudante do 8º período do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e bolsista do Programa de Apoio à Iniciação Científica da Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Natasha Valois Castelo.
Segundo ela, o estudo científico é pioneiro na área, porque visa melhorar um quadro onde não há tratamento medicamentoso eficiente, e enfatiza a importância da flora amazônica, por se tratar de uma pesquisa que usa uma planta da região qu…

: SENSACIONAL - DIETA DA BANANA! :

Gente, tá uma loucura o assunto da nova dieta da banana, várias pessoas confirmaram a perda de peso.

Receita que vem do Japão mata rapidamente a fome e regula o impulso de comer doces; confira as regras desta receita.
Talvez você já tenha ouvido falar que os japoneses desenvolveram uma dieta sem restrições alimentares que ajuda a emagrecer super rápido. É a dieta da banana matinal, que exige apenas que você coma a fruta, de preferência quatro delas, no café da manha, sempre acompanhada de dois copos de água morna ou chá.

Consumir a iguaria desta forma barra o impulso de comer ao longo do dia, afirma a VIVA MAIS!. O médico japonês Hitoshi Watanabe, especialista em medicina preventiva e idealizador da nova dieta, diz que além de matar rapidamente a fome, a banana carrega enzimas capazes de acelerar a digestão.

“Vale lembrar que ela também é rica em fibras que se ligam a moléculas de água e formam um tipo de gel que cria grande sensação de saciedade”, complementa a nutricionista e fitoterape…