quinta-feira, 17 de novembro de 2011

:: Crachá com medidias do sutiã :: ::

Funcionárias de uma empresa de lingerie suéca estão a ser obrigadas a divulgar, no crachá, o número do sutiâ. Empregadas já avançaram com um processo judicial.


imagem ilustrativa
Uma empresa de lingerie sueca pede às empregadas que identifiquem, juntamente com o seu nome, o número de sutiã. Assim, os clientes que visitam as lojas da Change ficam a conhecer não só os nomes das vendedoras como também o tamanho do peito.

A decisão não caiu bem entre as funcionárias, que já deram avançaram com um processo judicial depois de terem sido alvo de assédio por parte de alguns clientes. Uma das funcionárias disse ao jornal inglês "Daily Mail ", sob anonimato, que houve clientes a entrarem nas lojas só para observarem as empregadas.

A CEO da Change defende-se, afirmando que o único objetivo era mostrar às pessoas que a marca vende sutiãs de todos os números. Susann Haglund acrescenta que a medida foi não imposta às colaboradoras da Change, informação que é desmentida pelas funcionárias ouvidas pelo jornal inglês.
O sindicato que representa as vendedoras na Suécia está a apurar a legalidade da medida.

Fonte: aeiou.expresso

Nenhum comentário:

Postar um comentário