Pular para o conteúdo principal

:: VESTIDOS PARA GORDINHAS ::

Cinturas marcadas e vestidos longos são algumas das tendências de vestidos para gordinhas neste inverno 2011.
Ao contrário de que algumas pessoas pensam beleza não significa ser magra, há muitas mulheres lindas e elegantes que possui uns quilinhos a mais. A moda plus size, exclusivo para mulheres gordinhas, está cada vez mais conquistando seu espaço, tanto que já podemos ver um aumento considerável desse segmento nas passarelas, e para o inverno 2011, os vestidos em especial serão ótimas opções. Confira!


A mulher deve saber valorizar o corpo, seja ela magra ou gorda, ter atenção na hora de escolher as roupas é importante, pois o inverno é época de usar peças mais volumosas e quentes, o que acaba desfavorecendo quem está acima do peso. Para isso não acontecer, prefira modelos mais sequinhos e básicos.

Vestidos muito justos podem marcar demais o corpo e os bem largos podem dar mais volume ao corpo, modelos assim não são aconselháveis, pois não valorizaram o corpo. Evite usar babados ou saias rodadas, por exemplo. O ideal é que as peças tenham marcação na cintura ou abaixo dos seios, que deixam a silhueta mais esguia.

 
Dê preferência para vestidos com mangas, pois dão mais liberdade para quem não se sente tão bem com os braços, e para os decotes em V, que alonga a silhueta e desvia a atenção para o rosto e o colo. Os bolerinhos também causam esse efeito, tons escuros também são ótimos aliados, sendo assim siga essa tendência e use vestidos sobrepostos por boleros.

Quanto ao comprimento, os vestidos longos estão em alta e é uma tendência que nunca sai de moda. Eles podem ser usados por mulheres acima do peso, pois além de combinar com diversas ocasiões, eles dão ênfase à feminilidade. São versáteis e se feitos de tecidos leves e descontraídos, são ótimos para o dia-a-dia.

A tendência para o inverno 2011 é manter a formalidade, mas com um toque de sensualidade. Modelos com transparências e tomara que caia surgem com mais detalhes e recortes, proporcionando esse efeito.

Quem está mais gordinha precisa tomar cuidado com o comprimento do vestido, modelos muitos curtos devem ser evitados, pois podem aumentar a silhueta. As peças também não podem ultrapassar da altura do fim do tornozelo, nem arrastar no chão, porque deixam a pessoa mais baixa.
  Faixas e cintos são tendência para o inverno 2011, eles ajudam a afinar a cintura e dão um ar mais feminino ao look. Se usados com vestidos longos podem acrescentar medidas não desejadas, então se deve tomar cuidado.

Vestidos de tecidos leves e fluidos, que sejam mais simples, não chamam tanta a atenção, que pode ficar por conta dos acessórios. Quanto aos sapatos, que sejam de preferência na cor da roupa ou em tons neutros, para que não quebre o desenho da silhueta.

Evite usar vestidos com cetim, ele pode causar a impressão de aumentar mais as medidas por ter brilho. Com tecidos sem estampas, o risco é menor de errar, mas estampas pequenas como listras e florais não aumentam as medidas do corpo. Cores escuras já não são novidade que proporcionam uma silhueta mais magra, e neste inverno o marrom, preto e cinza estão super em alta.

Comentários

  1. Gostei das dicas... E, aliás, ultimamente tenho comprado uns vestidos longos em tons escuros pra mim! Me sinto bem quando os uso.
    Queria fazer uma pergunta... Tenho dúvidas no que é melhor entre roupas (blusas, saias e vestidos) com listras verticais ou horizontais? Alguém me dá um toque? E quanto às estampas? Esconde mais as gordurinhas?

    Obrigada!
    Cynthia Brito
    Recife-PE

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

:: A moda pede coletes, saiba como usar o seu! ::

Olá meninas, uma das tendências deste inverno, são os coletes, pode-se dizer que seja um acessório, que vai dar aquele "tchan" na sua roupa, mas é claro, precisamos saber como combiná-los com certas roupas e principalmente com o nosso tipo físico, vamos lá?!

Não importa a época que se encontra, os coletes sempre vão bem ao look feminino, para dar uma realçada no visual e deixar personalizado. Mas cuidado na hora de escolher a cor e corte, por isso hoje daremos algumas dicas de como usar coletes.

 Há coletes para todos os gostos e estilos, podem ser usados com peças básicas como regatas e cores neutras, camisas e vestidos, porém o look colete e camisa são considerados por alguns estilistas como ultrapassado e antigo por seu caráter formal, a dica, portanto é combiná-los a blusas curtas e mais modernas.
Coletes jeans também estão em alta, invista em lavagens claras e soltas. Para as mais modernas que não tem medo de ousar invistam em coletes com tachinhas, ombros marcado…

: SENSACIONAL - DIETA DA BANANA! :

Gente, tá uma loucura o assunto da nova dieta da banana, várias pessoas confirmaram a perda de peso.

Receita que vem do Japão mata rapidamente a fome e regula o impulso de comer doces; confira as regras desta receita.
Talvez você já tenha ouvido falar que os japoneses desenvolveram uma dieta sem restrições alimentares que ajuda a emagrecer super rápido. É a dieta da banana matinal, que exige apenas que você coma a fruta, de preferência quatro delas, no café da manha, sempre acompanhada de dois copos de água morna ou chá.

Consumir a iguaria desta forma barra o impulso de comer ao longo do dia, afirma a VIVA MAIS!. O médico japonês Hitoshi Watanabe, especialista em medicina preventiva e idealizador da nova dieta, diz que além de matar rapidamente a fome, a banana carrega enzimas capazes de acelerar a digestão.

“Vale lembrar que ela também é rica em fibras que se ligam a moléculas de água e formam um tipo de gel que cria grande sensação de saciedade”, complementa a nutricionista e fitoterape…

Uxi Amarelo - redução de gorduras.

Pesquisa  avalia eficácia de  planta na redução de  gordura  no  fígado, no  AM. Uxi Amarelo se mostra eficaz na redução e até cura de doenças do fígado.
Estudo foi realizado em ratos obesos submetidos à ração experimental.
O Uxi Amarelo (Endopleura Uchi), planta da região amazônica, pode ser utilizada no tratamento da esteatose hepática, doença popularmente conhecida como gordura no fígado. A constatação foi apontada no estudo intitulado 'Indução da esteatose hepática com ração experimental e tratamento com Endopleura Uchi', realizado pela estudante do 8º período do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e bolsista do Programa de Apoio à Iniciação Científica da Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Natasha Valois Castelo.
Segundo ela, o estudo científico é pioneiro na área, porque visa melhorar um quadro onde não há tratamento medicamentoso eficiente, e enfatiza a importância da flora amazônica, por se tratar de uma pesquisa que usa uma planta da região qu…