Pular para o conteúdo principal

:: Ela deu a volta por cima ::

È pessoal Flavia Karla se superou e mandou embora 20 kilinhos e explica como foi chegar até lá, e disse que vai fazer dança do ventre.

Gordinhos do Brasil, não se sintam traídos. Fabiana Karla não os abandonou, como muitos têm reclamado com a humorista, que perdeu 20kg desde que fez uma cirurgia em dezembro de 2010. “Não vou ficar magra, um palito. Continuarei sendo uma mulher sabão de coco, quadradinha e cheirosa”, disse em entrevista ao EGO


A meta de Fabiana é chegar aos 85kg – até agora, baixou de 113kg para 93kg. A decisão pela cirurgia, conhecida como técnica Lazzarotto e Souza, foi tomada após muita pesquisa e experiências malsucedidas. A atriz não queria fazer cirurgia de estômago, como suas irmãs, pois viu que elas passavam mal após comer certos alimentos, como carne. “Resolvi colocar o balão intragástrico, que preenche o estômago. Uma coisa com 600ml, maior que uma lata de refrigerante. Acabei comendo do mesmo jeito e meu estômago expandiu. Acabei ‘dando um balão’ no balão”.

Até que soube da técnica do dr. Lazzarotto, que consiste na colocação de um anel no intestino, diminuindo a absorção de calorias. Conversou com os atores Tony Tornado e Dedé Santana, que fizeram o procedimento. “Eles emagreceram, mas não perderam suas características. E posso comer o quanto quiser, até chocolate, que não vou passar mal. Ele me deu a receita do paraíso! (risos). O segredo é tomar água, pelo menos 1,5 litro a cada refeição”, explica Fabiana.
Com tantos quilos a menos, Fabiana já notou uma diferença em seu dia a dia. “Minha saúde melhorou, não tenho mais falta de ar no palco. As dores no joelho diminuíram”. O guarda-roupa da humorista também está mudando. “Consigo ousar em algumas roupas. Com um calor desses, ontem usei um shortinho e uma camiseta. Agora me sinto mais segura para usar vestidinhos com alça. Estou me liberando mais no figurino”, diz.

Fabiana sempre gostou de praticar esportes, mas sofria ao ver que não conseguia emagrecer depois de tanto suor. Agora, os resultados estão aparecendo com mais rapidez. “Estou com um personal trainer. Faço trabalhos de resistência e enrijecimento. Olha, ninguém sabe disso, mas eu vou contar: Vou começar aula de dança do ventre, gente! E dança livre também”, diz, empolgadíssima. Sempre vaidosa, ela também faz drenagem três vezes por semana, desde que teve filhos.
Durante a recuperação da cirurgia, que durou 45 dias, Fabiana quis que o namorado, o uruguaio Bruno Muniz, não ficasse por perto, e o mandou visitar a mãe no Uruguai. “Ele me apoiou muito, mas preferi me recuperar da cirurgia longe dele. Ficamos sem nos ver por um mês. Quando ele voltou, eu era outra pessoa. Como ele adora carne, fiquei brincando que ele deixou uma carne de segunda e, quando voltou, encontrou um filé mignon” (risos).

Nesta nova fase, a atriz diz até que toparia fazer ensaios sensuais. “Mas eu tenho minhas reservas, sou mãe, tenho 35 anos, e sou do segmento do humor. Sempre me disseram que eu era charmosa, mas nunca tive intenção de fazer algo com um apelo sexual. Faria algo de bom gosto e discreto.”

“A comida, para quem tem compulsão, é uma droga”

Madrinha do Fashion Weekend Plus Size, especializado em moda para gordinhas, Fabiana quer continuar no posto, mesmo mais magra. “Continuo apoiando as meninas que querem sobreviver a esse mundo de bullying. Nunca fiz apologia à gordura, e sim, ao bem-estar.”

Fabiana quer ser porta-voz dos obesos no Brasil. “Nosso país está obeso, o mundo está obeso, é preciso lidar com isso. Peça ajuda. A comida, para quem tem compulsão, é uma droga. As pessoas tratam isso como falta de vergonha, não como doença. Busque um profissional, garanta seu bem-estar”, aconselha atriz, ainda gordinha, porém mais saudável e muito mais feliz.


Barbara Duffles  
Do EGO, no Rio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

:: A moda pede coletes, saiba como usar o seu! ::

Olá meninas, uma das tendências deste inverno, são os coletes, pode-se dizer que seja um acessório, que vai dar aquele "tchan" na sua roupa, mas é claro, precisamos saber como combiná-los com certas roupas e principalmente com o nosso tipo físico, vamos lá?!

Não importa a época que se encontra, os coletes sempre vão bem ao look feminino, para dar uma realçada no visual e deixar personalizado. Mas cuidado na hora de escolher a cor e corte, por isso hoje daremos algumas dicas de como usar coletes.

 Há coletes para todos os gostos e estilos, podem ser usados com peças básicas como regatas e cores neutras, camisas e vestidos, porém o look colete e camisa são considerados por alguns estilistas como ultrapassado e antigo por seu caráter formal, a dica, portanto é combiná-los a blusas curtas e mais modernas.
Coletes jeans também estão em alta, invista em lavagens claras e soltas. Para as mais modernas que não tem medo de ousar invistam em coletes com tachinhas, ombros marcado…

Uxi Amarelo - redução de gorduras.

Pesquisa  avalia eficácia de  planta na redução de  gordura  no  fígado, no  AM. Uxi Amarelo se mostra eficaz na redução e até cura de doenças do fígado.
Estudo foi realizado em ratos obesos submetidos à ração experimental.
O Uxi Amarelo (Endopleura Uchi), planta da região amazônica, pode ser utilizada no tratamento da esteatose hepática, doença popularmente conhecida como gordura no fígado. A constatação foi apontada no estudo intitulado 'Indução da esteatose hepática com ração experimental e tratamento com Endopleura Uchi', realizado pela estudante do 8º período do curso de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e bolsista do Programa de Apoio à Iniciação Científica da Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), Natasha Valois Castelo.
Segundo ela, o estudo científico é pioneiro na área, porque visa melhorar um quadro onde não há tratamento medicamentoso eficiente, e enfatiza a importância da flora amazônica, por se tratar de uma pesquisa que usa uma planta da região qu…

: SENSACIONAL - DIETA DA BANANA! :

Gente, tá uma loucura o assunto da nova dieta da banana, várias pessoas confirmaram a perda de peso.

Receita que vem do Japão mata rapidamente a fome e regula o impulso de comer doces; confira as regras desta receita.
Talvez você já tenha ouvido falar que os japoneses desenvolveram uma dieta sem restrições alimentares que ajuda a emagrecer super rápido. É a dieta da banana matinal, que exige apenas que você coma a fruta, de preferência quatro delas, no café da manha, sempre acompanhada de dois copos de água morna ou chá.

Consumir a iguaria desta forma barra o impulso de comer ao longo do dia, afirma a VIVA MAIS!. O médico japonês Hitoshi Watanabe, especialista em medicina preventiva e idealizador da nova dieta, diz que além de matar rapidamente a fome, a banana carrega enzimas capazes de acelerar a digestão.

“Vale lembrar que ela também é rica em fibras que se ligam a moléculas de água e formam um tipo de gel que cria grande sensação de saciedade”, complementa a nutricionista e fitoterape…